Já perdi a conta às coisas que comprei desta marca, algumas para mim, a grande maioria para oferecer e tenho quatro ou cinco coisinhas que me foram oferecidas. Tive em tempos um problema com uns brincos que comprei para a minha mãe, uma da pedras partiu-se, como não tinha o talão (porque o tinha perdido) fiquei com os brincos assim, não tive direito a outro artigo, aquele não pode ir para reparar, porque eles não o faziam com aquele tipo de pedras, mesmo sendo um artigo de uma colecção muito recente, e depois de muita conversa para a direita e para a esquerda, perdi a paciência e a coisa na altura ficou assim.

Na altura, lá vai o tempo em que as coisas ficavam assim resolvidas. Hoje, a minha paciência é drasticamente diminuída, o valor do dinheiro é outro, as muitas horas que tenho feito neste longuíssimo mês de Agosto estão a acusar no meu sistema, o tempo também tem influído e resumindo a altura, aquela altura, já lá vai.

Este fio, comprei-o para oferecer, nem um mês tinha passado e a pessoa falou comigo porque lhe tinham caído dez pedrinhas, lá vou eu munida do talão e efectuei a troca por outro igual na hora, sem stresses. Com o novo fio a história durou outro mês certinho, parece que tem tempo de validade, agora não foram dez, mas apenas duas. Lá vai a otária mais uma vez. Encontro num domingo, depois de eu ter feito oito longas e duras horas e trabalho, uma tipa com a maior cara de tédio e de nojo do mundo. Expliquei-lhe a história e ela vai de me dizer que tinha de enviar aquilo para reparação, que tinha de esperar quase dois meses porque o dito estava de férias, e blá blá blá, não quero esperar, quero trocar por outro artigo sem pedras, ou que o risco que isto aconteça de novo seja menor, porque não quero estar todos os meses a ir lá, expliquei-lhe educadamente, e acrescentei que da ultima vez a troca foi efectuada na hora, ao que ela me disse que era impossível, não era esse o procedimento do negócio, que isto que aquilo, e quando a interrompi, mandou-me calar porque ainda não tinha acabado de falar, uiiiiiiii, não têm ideia, a reviravolta que aquela puta de loja levou, teve sorte porque além de estúpida foi rápida, porque ainda foi a tempo de se desviar da minha mão, o meu namorado que andava feito lesma à porta da loja, teve de entrar para acalmar os ânimos, estava capaz de a comer, disse-lhe de tudo enquanto ela se protegia atrás do balcão com a mão no telefone, e com pequenos grunhidos dizia que eu estava demasiado exaltada e que era uma pessoa muito agressiva. Foi lindo de se ver.

Eu não resolvi nada com o fio (naquela loja). Ela nunca mais na vida manda calar um cliente.

Setembro, chega rápido porque eu estou a precisar urgentemente de férias.

20140818-175216-64336606.jpg

Advertisements
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s