Existem pessoas que não fazem nada para mudar a sua vida, nada, e até aqui na boa, cada um faz aquilo que quer, e momentos de inércia, desmotivação e duvidas também já tive, e tenho, a minha quota parte. Parece que as estrelas não se alinham na posição certa, que nada vai no verso justo, que tudo corre mal e etc e tal. Mas parar não. Parar de sonhar, de querer, de correr atrás NÃO.

Ninguém quer saber de ninguém, quando os que estão na merda, são os outros. Ninguém se preocupa. Ninguém cuida. Ninguém dá colo. Nada. Então porque razão, de cada vez que aos olhos dos outros as coisas vão bem, isso é motivo para comparações, para frases do género “Ai a vida, essa grande puta, não é justa” e coisas que tal. Não tenho paciência. Não tenho paciência para pessoas que passam o dia a olhar para a galinha da vizinha. Lidar com elas em grande parte do meu dia, neste caso no trabalho, é coisa para me deixar os nervos em franja.

Tenho uma fulana que passa o dia a comentar a vida das clientes, dos amigos, dos familiares, de todos, são todos uns grandes filhos da mãe de tão sortudos que são, e ela é uma coitadinha porque a vida tem sido muito cruel, se batesse naquela boca três vezes antes de falar, sabe lá ela o que é injustiça. Conheço-a há três anos, não faz nada para mudar a sua condição de “coitadinha”, mas a língua essa, tem lhe dado muita ginastica. Paciência, muita paciência.

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s