Este cão não tem a mínima noção do peso que tem, quer e consegue, à força, vir para o meu colo, mas fraquinha como sou não aguento com toda esta carne em cima das pernas. Mas ele não desiste, e insiste em partilhar a cadeira comigo. E se mudo de cadeira ele persegue-me. Ninguém merece. Vale tudo para me estar a melgar. E eu adoro.

20130301-194711.jpg

Anúncios
Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s